Radio Liberdade

Publicidade



  • Radio Liberdade
  • Radio Liberdade

Pacotão da rodada#18: Galo fatura o turno, e clássicos têm erros incríveis

Publicado em 20.08.2012
Pacotão da rodada#18: Galo fatura o turno, e clássicos têm erros incríveis

Na 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG abriu três pontos e duas vitórias a mais do que o Fluminense e garantiu, antecipadamente, o título simbólico do primeiro turno. Diante do maior público do fim de semana (19.903 pagantes), Galo e Botafogo fizeram uma partida emocionante, no Independência. E o time mineiro levou a melhor graças a dois reservas que entraram em campo na segunda etapa. Neto Berola recebeu passe de calcanhar de Carlos César e marcou o gol da vitória de virada por 3 a 2, que deixou a equipe na liderança isolada com 42 pontos. Improvisado na lateral-direita, o volante Serginho roubou cinco bolas e, junto com outros quatro jogadores, foi o recordista no quesito.

No Engenhão, o Flamengo venceu o Vasco por 1 a 0, com ótima atuação do goleiro Felipe, que fez cinco defesas difíceis e garantiu o triunfo. No entanto, o Rubro-Negro também poderia ter vencido com mais facilidade se Léo Moura não desperdiçasse uma chance inacreditável com o gol vazio. O meia Adryan também foi protagonista de um lance feio, ao acertar a trava da chuteira no rosto de Auremir, o sarrafo deste fim de semana.

Outro erro incrível aconteceu no clássico paulista. Na Vila Belmiro, o Santos derrotou o Corinthians por 3 a 2, com dois gols de André. Em um deles, o atacante e os zagueiros Bruno Rodrigo e Durval estavam impedidos, mas o assistente Emerson Augusto de Carvalho não levantou a bandeira, para a indignação dos corintianos.

Também houve lances de beleza na rodada. Nos Aflitos, o Náutico bateu o Bahia por 1 a 0, com um golaço que fez o Timbu subir duas posições na tabela. O autor da pintura foi o meia Martinez. Mas ele também acabou sofrendo um lindo lençol aplicado por Mancini, o drible do fim de semana. Outro destaque foi Marcelo Moreno. Na goleada do Grêmio sobre o Figueirense por 4 a 0, no Olímpico, o atacante deu três assistências para gols tricolores e igualou o recorde de Deco na quinta rodada, quando o Fluminense também conseguiu um placar elástico: 4 a 1 sobre a Portuguesa.

O Náutico venceu o Bahia por 1 a 0, nos Aflitos, e subiu duas posições. O triunfo pernambucano ocorreu graças ao volante Martinez. Aos 42 minutos do segundo tempo, o jogador soltou a bomba de fora da área, e a bola entrou no ângulo. O goleiro Marcelo Lomba nem saiu na foto.

No clássico paulista, eram muitos bons jogadores em campo. Entretanto, quem atraiu os holofotes, só que de forma negativa, foi o assistente Emerson Augusto de Carvalho. Ele cometeu um erro triplo. No segundo gol do Santos, que venceu o Corinthinas por 3 a 2, Bruno Rodrigo, Durval e André estavam impedidos, mas a bandeira não foi levantada na sequência do lance irregular.

Durante a vitória do Flamengo sobre o Vasco por 1 a 0, Adryan foi protagonista de um lance feio. Aos 36 minutos do segundo tempo, o jovem meia rubro-negro acertou a trava da chuteira no rosto de Auremir e contou com a generosidade do árbitro, que o puniu somente com o cartão amarelo.

Na mesma partida, Léo Moura não deixou por menos e também participou de uma jogada para apagar da memória. Aos 38 minutos do segundo tempo, Adryan cruzou na medida para o lateral-direito, que tentou escorar a bola para o fundo da rede, mas se enrolou todo e perdeu uma oportunidade inacreditável.

Em Volta Redonda, o goleiro Magrão, do Sport, fez três defesa difíceis. Uma delas foi a cabeçada de Wagner à queima-roupa, quando salvou a sua equipe com os pés. No entanto, o arqueiro do time pernambucano não conseguiu evitar a derrota para o Fluminense por 1 a 0.

A torcida do Náutico comemorou a vitória da equipe sobre o Bahia por 1 a 0, com um golaço de Martinez. Só que o volante do Timbu participou de outro lance muito bonito no Estádio dos Aflitos. Dessa vez, como vítima, por levar um chapéu de Manicini próximo à meia-lua.

globo.com

comentários