Usuários online: 16

Radio Liberdade

Liberdade Notícias




  • Radio Liberdade
  • Radio Liberdade

Sétimo dia de julgamento do mensalão tem defesa de Valdemar

Publicado em 08.10.2012
Sétimo dia de julgamento do mensalão tem defesa de Valdemar

O sétimo dia de julgamento do mensalão no STF (Supremo Tribunal Federal), nesta sexta-feira (10), será marcado pela defesa do deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP), um dos personagens de destaque no escândalo.

Um dos principais articuladores políticos do PR, ex-PL, o deputado renunciou ao mandato para evitar a cassação em 2005, mas foi reeleito no ano seguinte para mais um mandato na Câmara.

O Ministério Público diz que Valdemar recebeu R$ 8,8 milhões do valerioduto e usou uma empresa fantasma, a Guaranhuns, para disfarçar a origem do dinheiro. Teria negociado com o PT um acordo para obter os recursos em troca do apoio do PL ao governo no Congresso.

Sua defesa deve corroborar a tese de que o dinheiro era caixa dois para pagar dívidas da campanha eleitoral de 2002, e não para comprar votos no Congresso.

Também apresentam suas defesas no Supremo nesta sexta-feira Breno Fischberg, sócio-proprietário da corretora Bônus Baval, Carlos Alberto Quaglia, dono da corretora Natimar, Jacinto Lamas, tesoureiro do PL e assessor de Valdemar na época do mensalão, e seu irmão, Antonio Lamas, ex-assessor da liderança do extinto PL na Câmara.

Antonio Lamas, a exemplo do que aconteceu com o ex-ministro Luiz Gushiken, teve a absolvição pedida pelo procurador-geral da República nas alegações finais do processo. O procurador afirma no documento não haver provas contra o ex-assessor.

 

FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO

comentários